07.05.2013
Embu das Artes
Pacto Nacional pela Alfabetização realizou Aula Aberta em Embu das Artes
compartilhe
Da Redação do Portal O Taboanense


Siga o Portal O Taboanense no Twitter e no Facebook
--------------------------------------------------------------

Na noite dessa segunda-feira, dia 6, professores, diretores e alfabetizadores da rede municipal de Embu das Artes, participarem da Aula Aberta, “Alfabetização e Letramento”, promovida através do Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa (PNAIC). A aula foi ministrada pela professora da Universidade Federal de Pernambuco e Coordenadora Geral dos Cadernos de Formação do Pacto, Telma Leal Ferraz.

Cristina Moraes, coordenadora municipal do Pacto em Embu das Artes, falou sobre o evento. “Alfabetização e Letramento, é um tema abordado nas formações do Pacto, a aula aberta vem para incorporar significados a essas formações que nós temos”, disse.

Foto: Adílson Oliveira | Divulgação

Professora da Universidade Federal de Pernambuco e Coordenadora Geral dos Cadernos de Formação do Pacto, Telma Leal Ferraz

A secretária de Educação, Lúcia Helena Couto, agradeceu a presença da palestrante e destacou a participação de todos os professores no programa. “É uma honra estarmos recebendo uma pessoa tão importante. [Telma Ferraz] é uma professora com vasta experiência no campo da alfabetização”.  

O presidente da Câmara, Doda, parabenizou o prefeito Chico Brito e toda a organização do evento pela iniciativa. “Parabenizo o prefeito Chico Brito por ter tido essa sensibilidade em perceber que a nossa rede estava precisando dessa chacoalhada, com isso com certeza nós vamos alcançar resultados muito expressivos na educação”, declarou.

O projeto é um compromisso dos governos federal, dos estados e municípios de assegurar que todas as crianças estejam alfabetizadas até os oito anos de idade, ao final do 3º ano do Ensino Fundamental.

De acordo com o programa, aos oito anos, as crianças precisam ter a compreensão da escrita, o domínio das correspondências grafofônicas, ou seja, entender as relações entre a fala e a escrita, fluência de leitura e o domínio na compreensão e de produção de textos escritos.

“A ideia que a gente tem, é de que, a alfabetização implica por um lado compreender como é que funcionado o nosso sistema de escrita. E por outro lado a possibilidade de fazer uso desse sistema nas práticas de leitura e produção de texto”, esclareceu a professora Telma.  

O vereador Pedro Valdir também participou do evento, além de  representantes das cidades de Santo André e São Bernardo. A Aula Aberta aconteceu no auditório Maria Clara Machado, no Centro Cultural Valdelice em Embu das Artes no Pq. Pirajuçara.



 

comentários
Seja o primeiro a comentar
deixe seu comentário
Aviso aos navegantes: os comentários são parte fundamental de qualquer site. Com eles, os internautas podem ampliar o debate, complementar as notícias publicadas e tecer críticas e elogios. Por isso não queremos transformar esse espaço em palanque, nem contra e nem a favor. Nós não publicados comentários com palavrões ou agressões gratuitas, comentários fora do assunto ou com auto-propaganda ou propaganda de terceiros. O Portal O Taboanense reserva-se o direito de, independentemente de qualquer aviso ao autor, EXCLUIR qualquer comentário que, a seu exclusivo critério, considere ofensivo ao seu pessoal ou a qualquer terceiro, bem como a bloquear o acesso de qualquer usuário ao espaço de comentários, caso julgue necessário. Os comentários aqui publicados são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Portal O Taboanense. Os autores dos comentários são civil e criminalmente responsáveis por publicar qualquer conteúdo que viole a lei (incluindo crimes contra a honra, ameaça, preconceito e discriminação).
Por favor aguarde, enviando comentário.
Comentário enviado com sucesso. Obrigado.
oferecimento
  • publicidade
    Firme junto ao povo